Fora do ar: sem programa há dois anos, patricia abravanel disputa o troféu imprensa

Compartilhe no WhatsApp

FORA DO AR

FORA DO AR: Sem programa há dois anos, Patricia  Abravanel disputa o Troféu Imprensa

Patrícia Abravanel comemora seu quinto Troféu Imprensa; apresentadora está sem programa desde 2017

Sem um programa para chamar de seu desde 2017, Patrícia Abravanel entrou na disputa do Troféu Imprensa, que será entregue neste domingo (28), no SBT, na categoria melhor apresentadora. O objetivo da premiação é laurear os melhores profissionais da TV que atuaram ativamente em 2018. Com tantas mulheres à frente, se destacando nas mais diversas atrações, por que ela entrou na lista?

Patricia Abravanel apareceu na lista ao lado de Fátima Bernardes e Eliana, outra prata da casa. Rebeca e Silvia, as outras duas filhas que trabalharam regularmente ao longo do ano passado, ficaram de fora da disputa.

Antes de se levantar a hipótese de nepotismo, é necessário deixar claro que não partiu de Silvio Santos a ideia de incluir sua filha na disputa. E de nenhuma outra pessoa de dentro do SBT. A culpa, se assim podemos dizer, é dos “sbtistas”, como são conhecidos os fãs da emissora –alguns agem como torcedores de times.

Os três nomes que foram submetidos à aprovação do júri, formado por dez jornalistas que cobrem o universo da televisão (incluindo Daniel Castro, fundador e editor-chefe do Notícias da TV), surgiram a partir da votação popular.

O SBT disponibilizou uma página na internet em que os amantes da televisão pudessem indicar livremente os profissionais que eles gostariam de ver disputando o prêmio, em diferentes categorias. Patrícia Abravanel foi uma das três mais citadas pelos “puxa-saco” da emissora e garantiu sua vaga na disputa.

Por uma questão lógica, a curadoria do prêmio não deveria ter considerado Patrícia para a disputa na categoria. Desde agosto de 2017 ela vem apenas fazendo participações em outros programas da casa e tem uma cadeira fixa no Jogo dos Pontinhos, quadro do dominical de seu pai.

O Troféu Imprensa foi gravado na terça-feira (23), e Silvio Santos elegeu algumas categorias para os jurados darem seus votos de maneira secreta, para evitar eventuais constrangimentos. A de melhor apresentadora foi uma delas. E mesmo com dez profissionais experientes, talvez o júri mais técnico de toda a história do prêmio, houve quem votasse em Patrícia.

A filha de Silvio Santos já acumula cinco estatuetas em sua casa. E depois de quase dois anos sem estar à frente de um programa, ela deve voltar à grade no segundo semestre, assim que sair do período de licença-maternidade.

Um novo projeto ainda está em fase embrionária, mas será uma atração na linha de shows, com plateia. A linha editorial será definida somente quando Patrícia retornar ao trabalho.