‘Tenho fama de puxa-saco do silvio santos, e sou mesmo’, diz ratinho

Compartilhe no WhatsApp

MEDO DO DESEMPREGO
Ratinho na edição de quarta-feira (24) de seu programa; ele diz ter medo de perder seu emprego no SBT

Habituado a tecer inúmeros elogios a Silvio Santos sempre que questionado sobre o patrão, Ratinho admite ser puxa-saco do dono do SBT por um simples motivo: manter seu emprego. O apresentador acredita que se um dia for demitido da emissora, enfrentará resistência para ser contratado por uma das concorrentes da TV aberta.

“Eu tenho fama de puxa-saco do Silvio Santos. E eu puxo mesmo. Se ele não me quiser, quem vai querer?”, diz. “A Record não me quer mais, a Globo nunca me quis. A Band pode até me querer, não sei, mas demora para pagar. E a RedeTV! não paga nunca. Tenho que puxar saco do Silvio pra ficar no SBT mesmo.”

Ratinho foi contratado por Silvio Santos em 1998 e viu sua emissora bater a Globo por diversas vezes no horário nobre com os telebarracos do apresentador. Ele deixou a emissora em 2006, mas retornou três anos mais tarde e nela permanece até hoje.

Ele esteve no evento Rio2C na tarde desta quinta-feira (25) e participou de um painel ao lado de Fernando Pelégio, diretor artístico do SBT, para falar sobre o futuro da TV aberta. Ratinho foi escolhido pela emissora por ser o único apresentador a registrar crescimento na audiência nos últimos anos.

Em sua opinião, o sucesso e a longevidade do Programa do Ratinho se dá pelo fato de ele adotar uma postura popularesca.

“Eu faço programa pro povão mesmo, uso linguagem popular, tudo o que o povo fala no boteco, é por isso que faz sucesso. Mas eu não vou no boteco pra ouvir essas frases e levar pro programa, não. Vou porque gosto de ir no boteco mesmo”, afirmou.