O sétimo guardião: serial killer fracassa no final ; saiba quem mata e por quê

Compartilhe no WhatsApp

O Sétimo Guardião: Serial killer fracassa no final ; saiba quem mata e por quê
Aranha (Paulo Rocha) na cena em que morreu na novela das nove da Globo, exibida na última segunda (6)

A identidade do serial killer de O Sétimo Guardião será mostrada no penúltimo capítulo da novela das nove, no ar no próximo dia 16. Judith (Isabela Garcia) confessará que matou os guardiões a mando do fantasma de Egídio (Antonio Calloni). Ela se suicidará ao fracassar na missão de assassinar o padre Ramiro (Ailton Graça).

A governanta levará um chá para o religioso, que passará a dormir no casarão da fonte após o enterro de Aranha (Paulo Rocha) nesta quinta-feira (9). Ele fará isso por causa do medo de ser a próxima vítima do serial killer.

Só que Gabriel confiscará o chá envenenado do padre ao surpreender a governanta passando com a xícara na mão. Quando ele levar o líquido à boca, Judith dará um berro: “Não, Gabriel, não faz isso”.

“Qual é o problema, Judith? É apenas um chá! Eu tomo este, você faz outro para o padre Ramiro”, dirá o mocinho. Ele insistirá em tomar o chá. Na segunda tentativa, ela dará um salto em cima dele e a xícara voará longe.

Judith alegará que o patrão tirou o dia para contrariá-la. Eles terão brigado porque o guardião-mor tentará expulsar Feijão (Cauê Campos) da irmandade, e ela o impedirá ao revelar que o menino será seu substituto. O garoto tem a marca da pata do gato nas costas, sinal de nascença que identifica os líderes da irmandade.

Judith (Isabela Garcia) dirá que Egídio (Antonio Calloni) mandou matar os sete guardiões

Em seguida, Gabriel a surpreenderá na cozinha sozinha e perguntará por que ela não levou um chá para ele. “Também não levei o do padre. Infelizmente. O seu eu tomei”, responderá a empregada, mostrando uma xícara vazia.

“Seu pai me mandou fazer isso, assim como mandou matar vocês todos. A ideia era matar os sete. Mas sobraram dois. Eu fracassei. E fui punida por isso”, dirá Judith.

“Tomou o veneno e vai morrer daqui a pouco, não é?”, indagará Murilo (Eduardo Moscovis). Ele vai querer saber por que Egídio mandou matar os guardiões. “No dia em que invadiram o casarão. Vocês não conseguiram manter o segredo da fonte e tinham que morrer por causa disso”, responderá a governanta.

Ela cairá morta falando: “Protejam… A água”. Ao mesmo tempo, o casarão será invadido por Olavo (Tony Ramos) e vários capangas armados, deixando o suspense do que vai rolar no último capítulo da novela das nove da Globo, no ar no dia 17.