Órfãos da terra: conheça um novo personagem, o doutor faruq

Compartilhe no WhatsApp

O doutor Faruq. Foto – Globo.
O doutor Faruq. Foto – Globo.

O ator Eduardo Mossri estará em breve nos capítulos de Órfãos da Terra, na pele do médico libanês Faruq, que vem morar no Brasil. Vale dizer que ele foi descoberto pelas autoras da novela, Duca Rachid e Thelma Guedes, quando estava em cena no monólogo “Cartas libanesas”.

“Na peça, eu pude contar a história dos meus antepassados e de vários outros, sírios e libaneses no Brasil. Acho muito importante poder começar na TV com um trabalho que diz muito sobre mim, sobre o que eu tenho pra falar”, diz ele.

Na trama das seis, Faruq vive o dilema de não conseguir exercer a profissão no Brasil porque não passou na prova no revalida: “Na Síria, ele era um médico respeitadíssimo. Faruq representa simbolicamente vários profissionais que chegam aqui e não conseguem exercer a sua profissão. Precisamos entender que essas pessoas vêm agregar com seus conhecimentos, com tudo o que sabem, para melhorar as coisas aqui. Ninguém quer roubar o emprego de ninguém”, disse o ator.

Nos próximos capítulos da novela das seis, o médico vai enfrentar um outro desafio: o de se declarar para Letícia (Paula Burlamaqui) e aceitar namorar a médica. “Os costumes são muito diferentes. Ele não aceita ser sustentado pela mulher ou beijar em público. A vida dele não vai ser fácil”, diz.

“A doutora Letícia ajuda, faz um trabalho voluntário em um centro de refugiados e acaba se apaixonando pelo personagem do Edu (Faruq). Ele é um médico sírio que não tem a licença e ela ajuda ele a conseguir. Mas ele não consegue e ela começa deixar ele clinicar escondido no hospital dela. Mas aí vai dar uma confusão e ele vai ser preso”, disse Paula Burlamaqui.

Sobre as diferenças culturais, que abalam a relação de ambos, Paula revela que elas estarão sim presentes na história. “Sim, logo no início. Porque a cultura é muito diferente, ele não pode beijar ela, mas a Thelma e a Duca irão começar a mostrar essa diferença de cultura deles. A gente gravou até uma cena que eu entro no quarto dele e ele fala que mulher não pode entrar no quarto do homem”.