Palmeiras 1 x 0 internacional – campeonato brasileiro 2019 rodada 3

Compartilhe no WhatsApp

Palmeiras bate Inter e iguala marca da Academia de Ademir da Guia, Dudu e Leivinha

Time de Felipão chega a 26 jogos de invencibilidade no Brasileirão, terceira maior marca da história; Colorado perde a segunda fora de casa em jogo tenso, com discussão de Dudu e Felipe Melo com Guerrero (que detonou a arbitragem)

Deu Verdão
Com um gol de Deyverson em jogada de escanteio, aos 13 minutos do primeiro tempo, o Palmeiras venceu o Inter por 1 a 0 na noite deste sábado, em São Paulo, pela terceira rodada do Campeonato Brasileiro. Com isso, o Palmeiras chegou a 26 jogos de invencibilidade no Brasileirão, terceira maior marca da história (veja abaixo). O time de Felipão tem agora sete pontos em três rodadas. Já o Inter somou sua segunda derrota como visitante e tem apenas três pontos ganhos.

Recorde
Com Felipão invicto no Brasileirão neste seu retorno ao Palmeiras, o clube igualou um recorde estabelecido por sua segunda Academia de Futebol, comandada por Ademir da Guia, Dudu e Leivinha entre 1972 e 1973: 26 jogos seguidos sem perder no Brasileirão. Só dois times têm sequências maiores de invencibilidade na história da competição: o Botafogo (entre 1977 e 1978), com 42 jogos, e o Santa Cruz (também entre 1977 e 1978), com 35. A última derrota do Palmeiras no Brasileirão foi para o Fluminense por 1 a 0, dia 25 de julho, no Maracanã, resultado que culminou na demissão do técnico Roger Machado.

Palmeiras 1 x 0 Internacional - Campeonato Brasileiro 2019 rodada 3

Guerrero detona arbitragem
Em entrevista ao canal TNT, Guerrero culpou a arbitragem de Wagner do Nascimento Magalhães (RJ) pela derrota do Inter, principalmente pela não marcação de um pênalti no segundo tempo:

“É complicado jogar aqui contra 12, o time do Palmeiras e mais o juiz”.

No primeiro tempo, Guerrero se estranhou com Dudu (e depois com Felipe Melo) no primeiro tempo. Em disputa de bola, sobrou braço pra todo lado, e o peruano foi tirar satisfação com Dudu – Felipe Melo não gostou e partiu pra cima do camisa 9 do Inter. A arbitragem deu cartão amarelo para Guerrero e Felipe Melo.

O jogo
O Palmeiras abriu o placar aos 13 minutos com Deyverson, em escanteio cobrado por Dudu, e depois abriu mão da bola. O Inter chegou a ter 69% de posse (terminou com 67%). Todo esse domínio territorial, porém, não se refletiu em chances claras de gol para o Inter – o goleiro Weverton fez apenas uma boa defesa, em chute de Nico López aos 30 minutos do primeiro tempo. O Palmeiras acabou ficando mais perto do segundo gol nos contra-ataques do que o Inter do empate – Hyoran perdeu uma oportunidade clara aos 42.

Próximos jogos
Os dois times voltam a jogar pelo Brasileirão no domingo, às 16h: o Inter recebe o Cruzeiro no Beira-Rio, e o Palmeiras encara o Atlético-MG no Horto. Antes, ambos jogam pela Libertadores contra times argentinos: o Inter encara o River Plate na terça-feira, em Buenos Aires, e o Palmeiras recebe o San Lorenzo na quarta.

Primeiro tempo
O Palmeiras abriu o placar aos 13 minutos, em escanteio cobrado por Dudu e desviado de cabeça por Deyverson no primeiro pau, aproveitando vacilo na marcação de Guerrero. O jogo esquentou na sequência, com troca de empurrões entre Dudu e Guerrero – Felipe Melo apareceu para discutir com o peruano e recebeu cartão amarelo, assim como o 9 do Inter. O jogo seguiu tenso, mas sem muitas chances de gol.

Segundo tempo
Com Parede no lugar de Nico López no intervalo e pouco depois D’Alessandro no lugar de Sarrafiore, o Inter cresceu no segundo tempo e teve amplo domínio da posse de bola (chegou a ter 69%). O Palmeiras passou a jogar só nos contra-ataques e teve boa chance para ampliar, com Bruno Henrique de cabeça, aos 14 – Marcelo Lomba fez grande defesa. No fim, Odair Hellmann colocou o Inter todo no ataque, trocando Edenilson por Rafael Sobis. Mas o Palmeiras conseguiu segurar a vitória.

Estatísticas Palmeiras x Inter

  • Posse de bola: 32% x 68%
  • Finalizações: 13 x 8
  • Chances reais de gol: 7 x 1
  • Cabeçadas: 5 x 1
  • Bolas alçadas na área: 11 x 17
  • Escanteios: 4 x 5
  • Faltas: 14 x 18
  • Passes errados: 19 x 22
  • Passes certos: 135 x 383
  • Jogadas pela lateral: 4 x 10