A dona do pedaço: amadeu surta de ciúmes de régis com maria da paz

Compartilhe no WhatsApp

A Dona do Pedaço: Amadeu  surta de ciúmes de Régis com Maria da Paz

Amadeu (Marcos Palmeira) em cena da novela das nove da Globo; advogado flagrará encontro da ex-noiva

Josiane (Agatha Moreira) fará de tudo para manter Amadeu (Marcos Palmeira) longe de Maria da Paz (Juliana Paes) em A Dona do Pedaço. Após armar com Régis (Reynaldo Gianecchini) um golpe para arrancar muito dinheiro da boleira, a víbora dará um jeito de o pai ver que a “fila andou” para sua ex-noiva. O advogado flagrará um encontro da empresária com o playboy e surtará de ciúmes. Vai rolar o maior climão.

As cenas irão ao ar na próxima terça (11) na novela das nove da Globo. Josiane irá conhecer a madrastra e o seu meio-irmão na casa de Amadeu. Lá, ela fingirá que torceu o pé. O marido de Gilda (Heloísa Jorge), então, conduzirá a filha até o apartamento de Maria da Paz na sua volta para casa.

Pai e filha chegarão bem na hora em que Régis estiver entregando flores à boleira. Maria da Paz ficará toda sem jeito. “Não precisa explicar. Você é rápida, não?”, soltará Amadeu. “Que maneira grosseira de se dirigir à uma mulher”, criticará o golpista de Reynaldo Gianecchini.

A empresária afirmará que não está fazendo nada de errado. “Até esses dias você jurava que eu era o único homem da sua vida. Já arrumou outro. Parabéns”, falará o advogado, louco de ciúmes. “Arrumou outro? Que grosseria”, provocará Régis, olhando o rival com ar de superioridade.

Maria da Paz não aguentará e “subirá nas tamancas”. Jogará na cara do ex-noivo que ele está casado e não pode ficar com ela. “Não vou lavar a roupa suja na frente desse cara aí”, rebaterá o marido de Gilda.

Mais pimenta
A saia justa ficará ainda mais apertada com Josiane fingindo que está vendo Régis pela primeira vez. Toda simpática, ela vai escancarar como o novo amigo da mãe a fez muito bem ao levá-la para jantar na noite anterior. “Quer dizer que se encontram todo dia”, dirá Amadeu.

Régis falará que ele e Maria da Paz são adultos e livres. “Eu sei que um dia a gente se amou, teve uma filha, e sou muito grata por essa filha maravilhosa. Eu me matei vendendo bolo, criei essa filha sozinha. Me fiz por mim mesma. Encontrei você de novo, foi uma decepção. Então, não pode entrar aqui e dizer o que é certo ou errado. Se eu quiser fazer um striptease no meio da rua, faço”, berrará a boleira.

“Filha, quero distância daqui. Quando quiser, vai em casa, me procura, estou sempre de braços abertos pra você. Até qualquer dia, Maria da Paz”, gritará Amadeu, antes de partir bufando de ódio.