A dona do pedaço: maria da paz desmascara chiclete e se apavora com plano maligno

Compartilhe no WhatsApp

A Dona do Pedaço: Maria da Paz desmascara Chiclete e se apavora com plano maligno

Juliana Paes em cena de A Dona do Pedaço: Maria da Paz vai descobrir que primo é matador de aluguel

O segredo de Chiclete (Sergio Guizé) virà à tona em A Dona do Pedaço. Maria da Paz (Juliana Paes) vai descobrir que ele foi contratado para matar Vivi (Paolla Oliveira) e ficará em pânico com o histórico assassino de sua família. O motorista dirá que ama a influenciadora, mas que precisa cumprir com sua palavra.

A revelação acontecerá depois que o matador de aluguel for pego por Vivi com um revólver na mão, quando os dois estiverem sozinhos no estúdio fotográfico. A essa altura, ela já terá sido abandonada no altar por Camilo (Lee Taylor) e estará namorando Chiclete.

Ver o amado com uma arma deixará a blogueira mexida e ela desabafará com Téo (Rainer Cadete) que tem medo. Só que Beatriz (Natália do Vale) ouvirá toda a conversa escondida e decidirá procurar a boleira para saber mais sobre o genro.

“Minha filha está apaixonada pelo Chiclete. Motorista da sua filha. Sei que é parente também”, começará a dondoca. “O pai dele é primo do meu pai. Mas não de primeiro grau. É primo mais afastado. Ele morava com todo mundo da família na casa da minha vó”, explicará Maria da Paz.

A personagem de Natália do Vale admitirá que preferia que sua filha tivesse escolhido outro homem, mas que apoia o relacionamento dela com quem a faz feliz. Depois, contará para a boleira toda a história do revólver. “Ah, lá de onde eu vim… tinha muita gente que andava armada. Era comum”, disfarçará Maria.

“Você, que conhece melhor o Chiclete, não acha que ele seria capaz de um ato de loucura, de…?”, questionará Beatriz. “O Chiclete não é louco não. Tem a cabeça no lugar. Fica tranquila”, falará a boleira de Juliana Paes.

Só que a protagonista da novela das nove não acreditará na própria história e marcará uma reunião com o primo para passar a história a limpo. “A mãe da Vivi me procurou. Ela tava assustada porque cê tava sozinho com a Vivi e pimba. De repente, tava de revólver na mão”, começará ela.

Chiclete (Sergio Guizé) dirá que ama Vivi (Paolla Oliveira), mas não comoverá Maria da Paz

Amor e tensão

O motorista ficará tenso, e Maria da Paz perceberá. “Chiclete, por que tava de revólver na mão? Me dá uma resposta. Mas me dá uma resposta que eu goste, por que senão… Nem sei o que vou fazer”, dirá a empresária.

Chiclete tentará enrolar a prima, dirá que a respeita por ter lhe aberto a casa, mas não falará sobre o revólver. “Chiclete, eu conheço bem a tradição da nossa família. Só que pensei que tinha acabado. Mas não… Não acabou, não é? Chiclete, cê é um matador? Veio aqui pra matar alguém? Quem?”, perguntará ela, na sequência que encerra o capítulo de 25 de julho.

Na continuação, Evelina (Nívea Maria) tentará intervir na conversa, mas a dona dos Bolos da Paz não aceitará. “Eu sou uma empresária, eu tenho minha vida. Tenho ficha limpa. Nunca paguei uma conta atrasada. E agora tou com um pistoleiro dentro de casa”, reclamará. “Pistoleiro não. Eu só faço justiça”, falará Chiclete, sério.

“Justiça paga é justiça? Tem a lei pra prender criminoso. Diz logo, embora eu já saiba. É a Vivi. A Vivi, que cê tá namorando, que cê vai matar?”, questionará Maria. “Eu não vou responder”, cortará o matador.

“Deus do céu, por que alguém ia encomendar a alma da Vivi? Eu até acho que ela tem o nariz em pé, mas daí… A tirar a vida dela. Nunca. Nunca. Chiclete, cê enganou a Vivi. Tá namorando com ela pra montar tocaia e matar”, desabafará ela.

Abalado, Chiclete dirá enfim que ama a blogueira. “Ama? Que amor é esse?”, soltará a boleira. “Eu dei minha palavra. A palavra de um homem tá acima de tudo”, dirá ele, solene. “É o código dos homens de nossa família, Maria da Paz”, justificará Evelina.