A dona do pedaço: tomado pela revolta, camilo atropela chiclete

Compartilhe no WhatsApp

A Dona do Pedaço: Tomado pela revolta, Camilo atropela Chiclete

Camilo (Lee Taylor) terá crises doentias de ciúme em A Dona do Pedaço e virará um vilão terrível

Camilo (Lee Taylor) perderá totalmente o controle nos próximos capítulos de A Dona do Pedaço. Tomado pelo amor doentio que sente por Vivi (Paolla Oliveira) e morto de ciúme de Chiclete (Sergio Guizé), o investigador chegará a atropelar o rival. Com medo de descobrir do que o ex-noivo é capaz, a influencer será obrigada a se casar com ele.

O personagem de Lee Taylor já terá chantageado Vivi a retomar o noivado para que o assassino de aluguel não seja preso. Mas ela mudará de ideia no capítulo da novela das nove da Globo previsto para ir ao ar em 20 de setembro.

“Eu… Eu não posso”, dirá Vivi, no momento em que Camilo entregar o anel de noivado diante de toda a família dela. “O quê? Você disse que sim. Quer me fazer de ridículo novamente?”, esbravejará o policial. “Eu sei tudo sobre o Chiclete. Sei onde ele mora, sabe? Você vai casar”, emendará ele, antes de deixar a casa da noiva às pressas.

Camilo vai perder totalmente a cabeça e atropelará Chiclete. “Camilo num carro desconhecido. Obsessivo. Quando Chiclete vai atravessar a rua, Camilo acelera e atropela Chiclete”, descreve o autor Walcyr Carrasco no roteiro entregue aos atores.

Ardiloso, o investigador ainda atenderá a ocorrência do atropelamento que ele mesmo provocou para não levantar suspeitas. A influenciadora irá fazer a denúncia e insinuará que o ensandecido é o culpado pelo crime.

“Camilo, cê sabe o que tou falando. O Chiclete foi atropelado”, falará ela. “O Chiclete? Atropelado? Lamento, Vivi”, desconversará ele. “Deixa de ser cínico. Você atropelou o Chiclete”, acusará a blogueira vivida por Paolla Oliveira.

Camilo mentirá, falará que estava de plantão na delegacia e, por isso, não poderia ser responsabilizado. “Com certeza, atropelou antes de chegar no plantão. Cê disse que sabia onde o Chiclete morava. Aposto que se forem examinar teu carro, vão encontrar marcas… Que provam que atropelou o Chiclete”, detonará Vivi.

Cínico, o investigador ainda explicará a ex como cometeu o crime, mas usará uma condicional para não se comprometer. “No meu carro nunca. Mas se fosse atropelar alguém de propósito… Pegaria um carro qualquer… Um carro não identificado… E deixaria em outro lugar. Nunca poderiam me relacionar com o acidente. Isso se fosse atropelar o Chiclete de propósito. Se fosse”, ensinará ele, na maior cara de pau.

Vivi entenderá tudo e, com receio de que algo pior aconteça com Chiclete, não terá escolha a não ser subir ao altar com o ex-noivo. Mas o inferno dela não acabará aí: casada, ela vai virar prisioneira do próprio marido e será proibida de sair de casa.