Bom sucesso: alberto e marcos se reaproximam após perderem paloma

Compartilhe no WhatsApp

Bom Sucesso: Alberto e Marcos se reaproximam após perderem Paloma

Alberto (Antonio Fagundes) é observado por Marcos (Romulo Estrela) em cena de Bom Sucesso

A armação que resultará na demissão de Paloma (Grazi Massafera) servirá para reaproximar Marcos (Romulo Estrela) e Alberto (Antonio Fagundes) em Bom Sucesso. Pai e filho farão de tudo para evitar que a cuidadora seja incriminada por Diogo (Armando Babaioff), e acabarão perdoando um ao outro pelos erros do passado.

Nos próximos capítulos da novela das sete da Globo, o genro de Alberto (Antonio Fagundes) armará um grande esquema para ferrar a editora Prado Monteiro. Ele contratará bandidos para roubarem a casa da família, e incriminará Paloma. Ela terá a família sequestrada e precisará abrir a mansão para os bandidos em troca do resgate dos parentes.

Alberto terá certeza de que Paloma é inocente, mas terá de demitir a cuidadora por causa de uma chantagem de Diogo, que prometerá mandar a cuidadora para a cadeia caso ela não saia da jogada. O senhor doente abrirá o jogo com o filho, que fará de tudo para salvar a mocinha.

Marcos pedirá a ajuda de Jeff (Felipe Haiut), que cuida da área de informática da editora Prado Monteiro, para investigar a gravação. O rapaz analisará o vídeo durante alguns dias até encontrar no fim uma fala distorcida do bandido.

“E aí? Minto bem, né? Agora todo mundo vai achar que aquela Paloma é bandida”, dirá o ladrão. Marcos não conseguirá esconder sua felicidade. “Eu sabia que esses bandidos tavam mentindo! Você conseguiu, cara!”, falará.

A novidade, no entanto, não cairá bem com Paloma. No capítulo previsto para ir ao ar em 26 de setembro, o playboy procurará a ex-costureira para contar a notícia, mas ela não se empolgará. “E o que é que muda depois disso?”, questionará.

“O que me deixou mais triste foi que o Seu Alberto conheceu um lado meu que quase ninguém conhece. Eu sempre fui muito honesta com ele, sempre! Ele jamais podia ter caído nessa chantagem. Não teve nem coragem de olhar na minha cara. Me dizer o que tava acontecendo. Me jogou no olho da rua como se eu fosse uma qualquer.”

“Ele ficou com medo. Fez tudo isso pra te proteger. Porque ele gosta muito de você”, explicará Marcos. “E por que ele não veio contar isso pra mim pessoalmente? Porque mais uma vez ele não teve coragem de olhar na minha cara”, reclamará ela.

O personagem de Romulo Estrela pedirá para Paloma voltar a trabalhar na mansão. “Não. Vai embora, Marcos Prado Monteiro, por favor. Da minha casa e da minha vida. Pode avisar pro seu pai que eu agradeço o convite, apesar de tudo tenho um carinho verdadeiro por ele, mas que praquela casa não volto. Nunca mais”, sentenciará ela.

O descamisado terá de voltar à mansão da família com a má notícia para o pai. “Paloma disse que o senhor não deveria ter cedido a chantagem nenhuma. Devia ter acreditado nela, falado a verdade. Que ela mesma não tinha medo nenhum daqueles vídeo mentiroso”, explicará ele.

“Mas o meu medo pelo que podia acontecer com a Paloma me fez ser covarde, fraco”, justificará o dono da editora. “Enfim, ela tá muito magoada, e prefere seguir a vida dela”, continuará Marcos.

Alberto dirá que ela está certa em recusar a volta ao trabalho. “Depois de tantos anos de estrada, eu já devia ter aprendido. Não existe nada pior que alimentar falsas esperanças”, dirá o senhor à beira da morte.

“Eu sinto muito. A culpa é minha. Eu falhei”, lamentará Marcos. “Não, você fez o possível. Pelo menos, agora, você está aqui e eu posso contar com você”, valorizará o personagem de Antonio Fagundes.

O galã ficará surpreso com a resposta do pai. “Eu ouvi isso mesmo? Se eu não tivesse tão arrasado, eu diria que tô muito feliz de escutar isso do senhor”, dirá. “Venha cá. Me dê um abraço”, encerrará Alberto. Os dois se abraçarão, tristes com a ausência de Paloma, mas conformados pela reaproximação.