A dona do pedaço: josiane se vinga de régis: ‘na beira do poço, eu empurro’

Compartilhe no WhatsApp

A Dona do Pedaço: Josiane se vinga de Régis: 'Na beira do poço, eu empurro'

Régis (Reynaldo Gianecchini) em cena com Josiane (Agatha Moreira) em A Dona do Pedaço, da Globo

Josiane (Agatha Moreira) se vingará de Régis (Reynaldo Gianecchini) em A Dona do Pedaço. O playboy será investigado pelo assassinato de Jardel (Duio Botta) e de Lucas (Kainan Ferraz), e a megera se negará a confirmar seu álibi à polícia. Por causa disso, o vilão redimido correrá o risco de acabar preso injustamente. Desprezada, a bandida ainda ameaçará ex-comparsa. “Se você estiver na beira do poço, eu empurro”, afirmará a blogueira.

A sequência irá ao ar entre os dias 2 e 3 de outubro. A essa altura, Josiane estará na pior, morando em um muquifo. Ela, inclusive, pedirá para dividir o flat com Régis e virar sua funcionária na importadora de vinhos.

“Eu já disse. Me apaixonei por sua mãe”, alegará o ex-golpista. “Se eu for morar com você, você vai voltar a me amar”, vai se humilhar Josiane. “A gente tá separado, quer morar comigo, assim de repente?”, questionará o bonitão.

“É amor. Não gosta nem um tiquinho de mim?”, indagará a filha cruel da boleira. O irmão de Lyris (Deborah Evelyn), porém, não vai querer a malvada perto dele. “Eu já disse uma vez. Perto de você, eu me tornei uma pessoa pior. Só vim aqui realmente, porque não entendi por que não confirmou meu álibi”, perguntará Régis.

Polícia pressionada

Ele passará a ser investigado depois que a irmã de Lucas surgir na história. Ela vai procurar Camilo (Lee Taylor) para exigir que o responsável pela morte do garoto de programa seja descoberto.

O investigador, então, voltará a conversar com pessoas próximas ao ex-mordomo de Maria da Paz (Juliana Paes) e apostará suas fichas na acusação feita por Ellen (Rosane Gofman). A empregada se lembrará que Jardel falava que ia botar a mão em muito dinheiro e apontará Régis como o suspeito número um de matá-lo.

Como o ex-marido da boleira não terá álibi, ele inventará que estava com Josiane tanto na hora da morte do mordomo como na de Lucas.

Consciência limpa

“Diz que eu tava com você nas duas ocasiões. Olha. Eu tenho a consciência limpa. Não fiz nada. Mas já percebi que tão atrás de um bode expiatório. Eu não tenho como confirmar onde tava, principalmente no segundo assassinato”, pedirá o comerciante de vinhos.

Régis não aceitará reatar com Josiane, já que ama Maria da Paz, e a jovem se revoltará. “Eu te odeio. Não quer me ajudar? Não vai me tirar daqui? Eu não vou mudar meu depoimento. Tem mais. Se você tiver na beira do poço, eu empurro”, avisará a vilã.

“Não pode fazer isso”, retrucará Régis. “Vai ver se não posso. Sai daqui, sai daqui”, esbravejará a megera. “Cê não vale nada”, vai declarar o personagem de Gianecchini.