Netflix vs. hbo – quarto round: olhos que condenam e chernobyl voltam a duelar em premiação

Compartilhe no WhatsApp

NETFLIX VS. HBO - Quarto round: Olhos Que Condenam e Chernobyl voltam a duelar em premiação

Asante Blackk em Olhos Que Condenam e Jared Harris em Chernobyl; novo embate entre Netflix e HBO

As minisséries Chernobyl (HBO) e Olhos Que Condenam (Netflix) voltam a se enfrentar em uma premiação. O quarto round dessa briga, pelo troféu de série revelação de 2019, será na 29ª edição do Gotham Awards, cerimônia do cinema independente americano que abre espaço para atrações de TV. Chernobyl está na frente desse duelo, com duas vitórias.

O confronto entre essas duas grandes minisséries promete se repetir mais algumas vezes daqui até os primeiros meses do ano que vem, quando se encerra o circuito de premiações da temporada 2018-2019.

As duas primeiras batalhas foram no TCA Awards, premiação dos críticos de TV dos Estados Unidos que é realizada desde 1985. Na edição deste ano, em agosto, Chernobyl venceu a categoria melhor minissérie, telefilmes ou especiais para TV.

Porém, na mesma noite as duas rivais ficaram chupando o dedo ao ver a irresistível Fleabag (2016-2019) abocanhar o prêmio de melhor programa do ano. Empate técnico, sem nenhuma vitoriosa.

Em setembro, veio o round três: o Emmy. Na maior premiação da TV norte-americana, o drama da HBO derrotou Olhos Que Condenam novamente. Aliás, Chernobyl arrebentou com dez estatuetas, quantia suficiente para ser a segunda produção mais laureada, atrás apenas de Game of Thrones (2011-2019), com 12.

Os vencedores da 29ª edição do Gotham Awards serão conhecidos em 2 de dezembro. Para estragar a festa de Chernobyl e Olhos Que Condenam, três séries vão tentar surpreender: David Makes Man (OWN, o canal da Oprah Winfrey), My Brilliant Friend (HBO) e Unbelievable (Netflix).

O Gotham Awards premia séries há quatro anos. Os vencedores foram: Mr. Robot (em 2015), Crazy Ex-Girlfriend (2016), Atlanta (2017) e Killing Eve (2018).