Emília tranca filha com distúrbios mentais em hospício em éramos seis

Compartilhe no WhatsApp

Emília tranca filha com distúrbios mentais em hospício em Éramos Seis

Após mais uma crise de Justina (Julia Stockler), a cruel Emília (Susana Vieira) decidirá se livrar a filha

Emília (Susana Vieira) se livrará de Justina (Julia Stockler) em Éramos Seis. Após mais um surto de sua filha, a milionária não pensará duas vezes antes de interná-la em uma clínica psiquiátrica. Ela confessará a Higino (Thiago Justino) que pretende escondê-la a todo custo de Adelaide (Joana de Verona) em seu retorno ao Brasil.

A tia de Lola (Gloria Pires) terá recebido um cartão-postal da caçula avisando que voltará ao país muito em breve. Com medo de passar por um vexame, ela tentará ensinar boas maneiras à outra herdeira, sem muito sucesso. “Sua irmã vai chegar e quero você comendo direito na mesa, está bem? Já que existe, não me faça ter vergonha”, bradará a ricaça.

A jovem, que sofre com um distúrbio mental não identificado pela medicina da época, se revoltará com o desprezo da mãe. Ela derrubará taças, embaralhará os talheres na mesa e espatifará um prato no chão. Emília gritará por socorro.

O mordomo, entretanto, não conseguirá conter a fúria da menina, que arrancará os próprios cabelos e rasgará a gola do vestido. Ela só parará quando empurrar o empregado, que se agarrará à toalha de mesa e levará toda a porcelana ao chão. “Eu não queria… Não queria machucar Higino. Burra, burra que sou”, balbuciará a personagem de Julia Stockler.

Medidas drásticas

No dia seguinte ao surto, Emília comunicará ao funcionário que não há outra solução senão isolar a garota do convívio da família. “Justina não tem como conviver com Adelaide, pode ficar mais agressiva, agredir a irmã. Precisa se acalmar, é evidente que não estamos ajudando. Não vejo outra maneira a não ser internar Justina. Pelo bem dela. E de todos nós também”, discursará a madame.

A prima de Clotilde (Simone Spoladore) passará por momentos de pavor ao chegar ao hospício. Ela reconhecerá o lugar em que já foi abandonada uma vez pela mãe. Assustada entre os pacientes do lugar, muitos alheios e inertes, implorará para que a família não a deixe.

“Mãe, me leva para casa! Vou ser boazinha”, suplicará Justina, sendo contida e sedada por dois enfermeiros em cenas que irão ao ar na quarta-feira (20) no remake de Angela Chaves.

Ela acordará com o canto de um passarinho, mas perceberá que está atada a uma cama com cintas. “Ele veio cantar para você”, dirá Higino para reconfortá-la. “Quero na minha casa. Aqui eles estão presos lá fora. E eu presa aqui dentro. Quero ir onde estão soltos”, responderá ela, partindo o coração do seu cuidador.