Éramos seis: adelaide pisa em emília sem dó e choca mãe com noite ao lado de estranho

Compartilhe no WhatsApp

Éramos Seis: Adelaide pisa em Emília sem dó e choca mãe com noite ao lado de estranho

Adelaide (Joana de Verona) terá embates constantes com a mãe Emília (Susana Vieira) na novela das seis

Adelaide (Joana de Verona) chegará a São Paulo nesta sexta-feira (29) para transformar a vida de Emília (Susana Vieira) em um inferno em Éramos Seis. Depois de anos estudando na Europa, a jovem chocará a mãe com suas modernidades. Ela, inclusive, esfregará na sua cara que passou a última noite no navio ao lado de um desconhecido.

À espera da filha no porto de Santos, a tia de Lola (Gloria Pires) a confundirá com uma moça bem-vestida, parada de costas, com uma mala ao lado. “Veja, Higino [Thiago Justino]! Acho que é ela. Será? Elegante assim deve ser. Vá ver”, ordenará a senhora, certa de que a herdeira tem um comportamento exemplar após tanto tempo estudando em colégios caríssimos no exterior.

Enquanto o mordomo caminhará até a donzela, a milionária escutará uma voz a chamando e se deparará com a menina vestida com calças compridas, abraçada a dois de seus parceiros de jogatina no navio. “Adelaide, é você?”, questionará a madame, sem conseguir disfarçar seu choque.

“Claro que sou eu, dona Emília. Não reconhece mais sua filha? Só porque não me vê há anos”, debochará a garota, deixando a mãe de Justina (Julia Stockler) ainda mais constrangida ao lhe apresentar o companheiro de carteado.

“Este é o Juvenal [a emissora não forneceu o nome do ator], passamos a noite juntos, noite animada”, disparará a personagem de Joana de Verona.

Encontro explosivo
Adepta da família tradicional e dos bons costumes, Emília ficará boquiaberta com os modos de Adelaide, que se tornou uma mulher moderna, politizada e feminista. As duas terão embates constantes durante a novela. “Não estou entendendo. Passou a noite com um homem?”, se escandalizará a viúva.

A jovem pisará com gosto na ricaça e não poupará detalhes de seus dias no barco. “Inteira! Mas mamãe, foi uma noite quase inocente. Estava jogando cartas, a dinheiro. E ganhei todas. Por que veio me buscar? Eu ia alugar um carro”, zombará a prima de Clotilde (Simone Spoladore).

A senhora ficará estarrecida ao perceber que a filha sabe dirigir e olhará para Higino em busca de cumplicidade. “Novos tempos, madame. As moças querem igualdade, querem fazer tudo”, responderá o empregado, segurando o riso.

“Isso. Eu vou levando o carro. As chaves, cadê?”, exigirá Adelaide. Ela ainda deixará a mãe em absoluto desespero ao disparar com o veículo em alta velocidade pelas ruas no remake de Angela Chaves.