Isabel deixa luto pelo pai e joga verdades na cara de clotilde em ramos seis

Compartilhe no WhatsApp

Isabel (Giullia Buscacio) e Clotilde (Simone Spoladore) em Éramos Seis (Reprodução)
Isabel (Giullia Buscacio) e Clotilde (Simone Spoladore) em Éramos Seis (Reprodução)

Na novela Éramos Seis, da TV Globo, Clotilde (Simone Spoladore) tem Almeida (Ricardo Pereira) como o grande amor de sua vida. No passado, ela quase chegou a se envolver com ele, no entanto, ao descobrir que o homem era desquitado, optou por desistir da possível relação. Anos se passaram e ela acabou tento que ver ele casando com outra mulher. Mas, apesar disso, a chama da paixão que Clotilde sente por ele nunca acabou.

É aí então que Isabel (Giullia Buscácio), sobrinha de Clotilde (Simone Spoladore), resolverá falar algumas verdades para a tia. Tudo começará quando a jovem deixará de vestir roupas pretas em luto pelo pai, morto recentemente. Ao ver a sobrinha saindo com outro tipo de vestimenta, a irmã de Lola (Gloria Pires) se exaltará. “Vai sair com esse vestido? Estamos de luto, Isabel. É costume se reservar por um tempo”, diz Clotilde, mas a caçula de Lola garante que isso está fora de moda e faz um discurso sobre.

“Lúcio me disse uma coisa bonita: a dor a gente carrega aqui dentro. Não precisa desfilar com minha dor pela rua. Aqui… Sei bem a falta que meu pai me faz. Mas tenho certeza que ele nunca gostou de preconceito”, afirmará a moça exibindo o próprio peito. Na sequência, ela acaba ficando fora de si quando a irônica Clotilde diz que todo mundo ‘vira santo’ depois de morrer.

“Papai não era santo, não! Mas pelo menos, não estragou sua vida com medo do que os outros iam falar. Não ficou uma pessoa sozinha e amargurada, que tem raiva da vida e fica descarregando nos outros. E você, enquanto fica aí apegada às convenções… Quanto de vida perdeu no caminho? Ela passa, viu? E passa rápido, não se esqueça”, dispara ela e sai deixando Clotilde com lágrimas nos olhos, segundo informa o site Observatório da Televisão.