Régis chora em culto evangélico antes de desfecho misterioso em a dona do pedaço

Compartilhe no WhatsApp

Régis (Reynaldo Gianecchini) irá a um culto evangélico no próximo capítulo da novela das nove da Globo #ADonaDoPedaço

Régis (Reynaldo Gianecchini) irá a um culto evangélico no próximo capítulo da novela das nove da Globo #ADonaDoPedaço

Após o “nascimento” de uma nova Josiane (Agatha Moreira) em um culto evangélico, Régis (Reynaldo Gianecchini) protagonizará cenas semelhantes nesta segunda (18) em A Dona do Pedaço. Ele vai chorar e “encontrar Jesus” com a ajuda do pastor. Depois, o playboy venderá a loja de vinhos e virará missionário antes do seu misterioso desfecho.

As cenas da viagem que o playboy fará com a ex-amante para trabalhar em obras sociais no Amazonas são mantidas em sigilo. Somente os atores tiveram acesso ao final de seus personagens supostamente redimidos.

A filha megera de Maria da Paz (Juliana Paes) evoluirá em sua redenção pela fé enquanto estiver na cadeia presa pelos assassinatos de Jardel (Duio Botta) e Lucas (Kainan Ferraz). Depois de falar sobre seu arrependimento por tudo o que fez no passado com a mãe, Josiane receberá a visita de Régis. Tanto o playboy quanto Téo (Rainer Cadete) irão ao presídio para que ela peça perdão aos dois.

“Eu te arrastei para aquele plano. Eu te convenci a tirar dinheiro da minha mãe e depois nem ficar juntos ficamos. Eu perdi o dinheiro, perdi você. Nós fizemos tanto mal a minha mãe e tudo foi tão inútil. Olha onde eu vim parar agora. Tenho uma pena de 30 anos pra cumprir. Foi aqui que minha ambição me trouxe”, afirmará a assassina ao ex-amante.

“Eu fui fraco, Jô. Eu sou fraco. Eu tive chance de me reerguer muitas vezes. Mas cada vez que vou abrir as asas, parece que eu mesmo me boicoto. Eu não preciso de inimigos. Sou meu pior inimigo. E se não fosse você, outra pessoa teria me atirado no abismo. Ou eu iria pro abismo com minhas próprias pernas”, vai desabafar o empresário de vinhos.

Régis vai chorar ao ser abordado pelo mesmo pastor que converteu sua ex-amante na prisão
Régis vai chorar ao ser abordado pelo mesmo pastor que converteu sua ex-amante na prisão

Cheios de erros
Ela repetirá o pedido de perdão, e Régis afirmará que eles têm que se perdoar em primeiro lugar, pois ambos cometeram muitos erros. Durante a conversa, o dono da loja de vinhos reparará que a condenada está mudada de verdade e perguntará o que aconteceu com ela.

Josiane contará que Maria da Paz lhe deu uma Bíblia e que, após a leitura, passou a frequentar os cultos da prisão. A bandida o aconselhará a trilhar o caminho da fé.

“O pastor que vem aqui faz cultos lá fora também, ele me disse onde é… Se tiver interesse. Eu vou dizer onde ele faz os cultos, mas tem que me prometer voltar sempre”, pedirá Josiane.

Régis irá ao culto em um templo simples em seguida. Lá, vai chorar e se emocionar com o sermão do pastor antes de pedir ajuda ao evangélico. Diante de outros fiéis, o líder espiritual gritará: “Somente diga comigo. Jesus, venha até mim”. O nome do ator que interpreta o pastor não foi divulgado.

Régis terminará abraçado e acolhido pelo pastor em sua primeira ida ao culto evangélico

Régis terminará abraçado e acolhido pelo pastor em sua primeira ida ao culto evangélico

O playboy repetirá as palavras com fervor. “Jesus… Jesus venha até mim. Jesus venha até mim.” O filho de Gladys (Nathalia Timberg) mudará de vida a partr daí.

Ele supostamente se livrará do vício em jogos, venderá a importadora de vinhos por causa da religião, já que não achará correto vender bebidas alcoólicas, mas não conseguirá uma segunda chance com Maria da Paz.

A boleira terminará a novela casada com Amadeu (Marcos Palmeira). Mas a nova fé também fará Régis rejeitar o ex-cunhado. No último capítulo, que vai ao ar sexta (22), Agno (Malvino Salvador) se casará com Leandro (Guilherme Leicam), e o personagem de Reynaldo Gianecchini não irá à cerimônia por causa de sua crença.

“Não que seja contra você, Agno, mas preferiu não comparecer”, tentará justificar Gladys. “O Régis ficou radical”, alfinetará Lyris (Deborah Evelyn). O empresário minimizará a desfeita. “Não me sinto ofendido. Se essa conversão fez bem para o Régis, sou o primeiro a aplaudir”, dirá o personagem de Malvino Salvador.