Al hilal bate o espérance e pega o flamengo na semi do mundial

Compartilhe no WhatsApp

Gomis celebra gol decisivo pelo Al Hilal (Foto: Reuters)
Gomis celebra gol decisivo pelo Al Hilal (Foto: Reuters)

Resumão do jogo

Não foi tão fácil, mas o atacante Gomis fez com que a profecia feita por Jorge Jesus nas últimas semanas se cumprisse. O atacante saiu do banco de reservas para marcar um golaço e garantir a vitória do Al Hilal por 1 a 0 sobre o Esperánce, após jogo duro neste sábado, no Jassim Bin Hamad, em Doha. Agora, o time da Arábia Saudita avança para pegar o Flamengo na semifinal do Mundial de Clubes, na próxima terça-feira, às 14h30 (de Brasília).

O MISTER AVISOU…
Desde que venceu a Copa Libertadores e garantiu vaga no Mundial de Clubes com o Flamengo, o técnico Jorge Jesus não hesitou ao tratar o adversário nas semifinais como definido: para o Mister, seria o Al Hilal, da Arábia Saudita, última equipe que ele comandou antes de ir ao Brasil. A vitória suada neste sábado confirmou a vaga para os árabes, que disputam a competição pela primeira vez na história.

Jorge Jesus acompanhou partida de perto, junto ao elenco do Flamengo (Foto: Reprodução)
Jorge Jesus acompanhou partida de perto, junto ao elenco do Flamengo (Foto: Reprodução)

ASTRO DECISIVO

Um dos principais astros do elenco do Al Hilal, Gomis começou a partida no banco de reservas junto a Giovinco, por opção do técnico Razvan Lucesceu, que não mandou força total a campo neste sábado. E, quando foi acionado, precisou de menos de 10 minutos para fazer a diferença: mostrou sua categoria ao receber um passe, girar, dar um lençol no marcador e bater de primeira no canto. Um golaço que classificou o Al Hilal e foi celebrado diante de Jorge Jesus, que sorriu.

Gomis deu um lençol antes de bater de primeira e marcar um golaço (Foto: Reuters)
Gomis deu um lençol antes de bater de primeira e marcar um golaço (Foto: Reuters)

ALÔ, FLAMENGO!

Embora não estivesse com todos os titulares em campo, Al Hilal não teve facilidade para vencer o Esperánce, apesar do favoritismo. Os africanos conseguiram defender bem e agredir em alguns contra-ataques, enquanto os árabes ficaram com a posse de bola, mas sofreram para ter espaço para finalizar. O meia brasileiro Carlos Eduardo apareceu bem em algumas oportunidades, assim como Carrillo, que foi eleito o melhor jogador da partida pela Fifa.

Brasileiro Carlos Eduardo em ação no duelo deste sábado (Foto: Reuters)
Brasileiro Carlos Eduardo em ação no duelo deste sábado (Foto: Reuters)

DESFALQUE CERTO

O Al Hilal ganhou um desfalque confirmado para o duelo contra o Flamengo, já na reta final da partida deste sábado. O meia Kanno levou dois cartões amarelos em dois minutos e acabou expulso. O atleta foi titular em três das 11 rodadas do Campeonato Árabe nesta temporada, mas começou jogando cinco dos sete confrontos que levaram o Al Hilal ao título asiático.

Kanno recebeu dois cartões amarelos no confronto contra o Esperánce (Foto: Reuters)
Kanno recebeu dois cartões amarelos no confronto contra o Esperánce (Foto: Reuters)

FIZERAM BARULHO… E CONFUSÃO

Com grande e apaixonada torcida, o Esperánce pode ter sido eliminado logo na estreia no Mundial de Clubes, mas seus fãs deixaram uma marca no Catar. Que o diga os policiais e agentes de segurança do Estádio Jassim Bin Hamad. Os torcedores tunisianos protagonizaram dois momentos de confusão nas arquibancadas – o primeiro na etapa inicial, quando provocaram fãs do Al Hilal; e o segundo após o intervalo, quando acenderam um sinalizador que soltou muita fumaça e agitou os policiais.

ANOTE NA AGENDA!

O Flamengo estreia no Mundial de Clubes contra o Al Hilal na próxima terça-feira, às 14h30 (de Brasília), no Khalifa Stadium, em Doha, no Catar. A TV Globo, o SporTV transmitem a partida.