Éramos seis: adelaide briga feio com alfredo e termina namoro

Compartilhe no WhatsApp

Éramos Seis: Adelaide briga feio com Alfredo e termina namoro

Em breve em Éramos Seis, novela das seis da TV Globo, Adelaide (Joana de Verona) terá uma grande briga com Alfredo (Nicolas Prattes) e terminará o relacionamento com o filho rebelde de Lola (Gloria Pires).

Tudo isso por culpa do próprio Alfredo, que resolveu virar ladrão, ao roubar Osório (Nicola Siri), o seu patrão que o explora. Cansado da situação, o filho de Lola e Julio (Antonio Calloni) decide revender as peças da oficina por fora.

Ao saber deste mal-feito, a filha de Emília (Susana Vieira) fica nervosa e tira satisfações com o amado. “Não posso acreditar que tenha feito uma coisa dessas, Alfredo! Era assim que estava ganhando dinheiro? Está tudo errado!”, diz Adelaide.

Um dia depois de levar a bronca da namorada, Alfredo vai falar com ela e quer satisfações. “Fiquei entalado com as coisas que me disse ontem! Me ofendeu, não quis entender as razões por trás do meu mau passo. Me tratou como se eu fosse apenas um… Um ladrãozinho!”, diz ele.

A filha de Tia Emília reage: “Há de convir que não é uma notícia fácil sobre quem a gente gosta, admira. Ou admirava”, fala a ruiva, ainda decepcionada. O filho de Lola se defende: “As coisas não têm um lado só! No caso das peças, vi uma chance de corrigir as injustiças. Uma oportunidade de ajudar na minha casa”.

DEBOCHE EM ÉRAMOS SEIS:
Mas Adelaide não se dobra: “Não venha bancar o bom samaritano. Vi você torrando com roupas, bebidas, noitadas. Estava muito confortável com o que gastava, se refastelando com um dinheiro que não era seu!”.

Mais uma vez o rapaz tanta justificar o que fez: “Foi um caminho torto, mas o seu Osório era um crápula! Estava nos achacando”. Adelaide retruca com ironia: “Virou um justiceiro, Alfredo? O Robin Hood da Avenida Angélica? Não sei se me decepciona mais o seu feito ou todas as justificativas patéticas que usa para se defender”.

A lavagem de roupa suja continua: “Me condena porque, ao contrário de mim, não sabe o que é viver no aperto”. “Nossas diferenças começam a pesar, Alfredo. E muito. Sabe de uma coisa? É melhor não nos vermos por enquanto. Passar bem”, conclui a filha de Tia Emília em Éramos Seis. Com informações do jornal O Globo.