Éramos seis: clotilde surpreende almeida com beijão e é rejeitada

Compartilhe no WhatsApp

Clotilde (Simone Spoladore) tascará um beijão em Almeida (Ricardo Pereira) em Éramos Seis

Clotilde (Simone Spoladore) tascará um beijão em Almeida (Ricardo Pereira) em Éramos Seis

Após passar por uma situação constrangedora com Almeida (Ricardo Pereira) e sua atual mulher no capítulo de ontem (23) de Éramos Seis, Clotilde (Simone Spoladore) voltará a se encontrar com ele. Os dois terão uma conversa, e Clotilde terá coragem de dar um beijão no rapaz, mas será rejeitada. Almeida dirá que não quer que ela seja sua amante.

O mercador pedirá a Julinho (André Luiz Frambach) que peça a sua tia para telefoná-lo. Após pensar muito, Clotilde enfim o procurará e eles decidirão se encontrar às escondidas na loja de Assad (Werner Schünemann) ao fim do expediente. “Vim porque, se é para ser o último encontro, que seja só nós dois”, afirmará a filha de Maria (Denise Weinberg).

Almeida pedirá desculpas por tê-la humilhado na frente de Natália, a tratando como uma freguesa qualquer. “Seria pior se eu tivesse dito a verdade, se tivesse explicado quem você é para mim. Veja a ironia. Chamei de ninguém a criatura mais querida”, lamentará o personagem de Ricardo Pereira.

Surpresa e abalada com as palavras, a sobrinha de Emília (Susana Vieira) precisará conter as lágrimas. “Se era isso que tinha para me dizer”, dirá ela, virando-se para ir embora. Antes de deixar o estabelecimento, Clotilde acabará tomando coragem e voltará correndo para os braços do mercador.

Depois de um longo beijo, Almeida a rejeitará, completamente tomado pela culpa de ter traído a companheira. “Quero que não me odeie. Ia se arrepende e me odiar. Eu não quero, não é justo que seja minha amante”, disparará o vendedor, deixando-a vermelha de vergonha em cena da novela das seis da Globo.