Roberto carlos em espanhol, e especial tem pior ibope em 45 anos

Compartilhe no WhatsApp

Roberto Carlos em seu show exibido pela Globo como especial de fim de ano: pior desempenho na história

Roberto Carlos em seu show exibido pela Globo como especial de fim de ano: pior desempenho na história

Com sucessos como Emoções cantados boa parte em espanhol, o tradicional especial de fim de ano com Roberto Carlos na Globo teve o seu pior desempenho no Ibope da Grande São Paulo em seus 45 anos de exibição. Foram apenas 17,5 de média –é a primeira vez que marca menos de 20 pontos na história.

Ao contrário do que acontece normalmente, o especial 2019 não teve um show gravado apenas para a Globo, com a presença do elenco da emissora no palco e na plateia. Dessa vez, mostraram apresentações do “rei” em Curitiba, Miami, Nova York, Lisboa, Madri e Londres.

Como parte do público estrangeiro conhece as músicas de Roberto Carlos em sua versão espanhola, ele cantou nesse idioma. Mas a novidade não caiu bem para os telespectadores brasileiros.

Apesar de ter sido exibido após Amor de Mãe, que ainda não engrenou no Ibope, não dá para jogar toda a culpa do desempenho ruim na novela das nove.

Em 2018, quando foi ao ar após a fracassada O Sétimo Guardião, o show do “rei” marcou 21,2 pontos (3,7 pontos a mais do que em 2019) e teve o seu pior desempenho até então –naquele dia, no entanto, a trama deu um pouco menos do que Amor de Mãe neste ano: 25,0 contra 25,4.

Já em 2017, quando pegou carona no fenômeno O Outro Lado do Paraíso, Roberto Carlos anotou 31,2 de média.