Éramos seis – gloria pires comenta emoção de ver filhas seguindo seus passos

Compartilhe no WhatsApp

A atriz, que interpreta a matriarca Lola em ‘Éramos Seis’, afirma que se sente emocionada com a carreira artística de suas filhas, Cleo, Ana e Antonia

Gloria Pires - Foto: Artur Meninea/Gshow
Foto: Artur Meninea/Gshow

Matriarca na vida real e também em Éramos Seis, Gloria Pires não deixa dúvidas de que ama exercer o papel de mãe. Mas, por outro lado, a atriz faz questão de deixar claro que sua maternidade é completamente diferente da que ela interpreta na novela das 6, como Lola.

A palavra-chave para Gloria em relação aos seus quatro filhos – Cleo, Antonia Morais, Ana e Bento – é liberdade. De acordo com a atriz, eles têm total autonomia para viverem suas vidas da maneira como bem entenderem, desde que sejam felizes com suas escolhas:

“A Lola fala que a gente quer os filhos sempre juntos da gente. Mas a minha percepção de felicidade é que os filhos se encontrem e encontrem seus caminhos. A maneira com que eles querem viver, se expressar, ganhar dinheiro… “

Gloria Pires posa com a família: Antonia, Cleo, Orlando, Ana e Bento — Foto: Reprodução/Instagram

Gloria Pires posa com a família: Antonia, Cleo, Orlando, Ana e Bento — Foto: Reprodução/Instagram

Pelo visto, a atriz seria uma boa conselheira para sua personagem, que enfrenta alguns dramas no cotidiano, principalmente para manter seus herdeiros unidos e vê-los crescer na vida. No caso de Gloria, o drama dá lugar ao orgulho pela união da família e a trajetória profissional de seus filhos.

A atriz não esconde a emoção por ver suas filhas seguindo seus passos na carreira artística. Enquanto Antonia mostra a aptidão para a atuação, Cleo e Ana ainda exploram o talento para a música.

A emoção é tanta que Gloria chega a lembrar de seu pai, o ator Antônio Carlos Pires, e de seu marido, o músico Orlando Morais, que deram os primeiros passos na vocação da família para as artes:

“É uma coisa linda porque meu pai iniciou, na nossa família, essa trajetória artística. Então hoje ver minhas filhas atuando… É muita emoção, é muito lindo! Cada novidade que elas trazem, cada coisa que elas apresentam, uma nova música, um trabalho, um filme… A gente torce, apoia, vibra e reza! [risos]”, ela brinca.

Não perca Éramos Seis.