Na contramão de huck e datena, fausto silva rejeita deixar a tv para virar político

Compartilhe no WhatsApp

Fausto Silva está a frente do Domingão do Faustão

Fausto Silva está a frente do Domingão do Faustão há 30 anos: apresentador diz que jamais se candidatará

Na contramão de nomes como Luciano Huck e José Luiz Datena, frequentemente cotados como possíveis candidatos em época de eleições, Fausto Silva rejeita abandonar a televisão para se candidatar a um cargo público. “Jamais, até porque para fazer um discurso, com esse meu tamanho, ia cair o palanque”, dispara ele ao Notícias da TV.

O comunicador, contudo, enxerga com naturalidade a vontade de seus colegas em se aventurar no meio político. Enquanto o marido de Angélica foi cogitado para a corrida presidencial de 2018, o âncora do Brasil Urgente é visto como opção para a disputa da Prefeitura de São Paulo em 2020.

“Eu acho o seguinte, todo mundo com vontade, habilidade e boas intenções tem que fazer mesmo. Eu não faço porque não é a minha praia”, pondera o marido de Luciana Cardoso, aos 69 anos.

Há 30 anos à frente do Domingão do Faustão, ele afirma que contribui mais para o país na atração do que nas esferas do poder. “Eu tenho que fazer aquilo que sei fazer: apresentar o programa e abrir espaço para as pessoas falarem da vida de cada um, mas também de política, de economia”, propõe o pai de Lara, João Guilherme e Rodrigo, de 21, 14 e 9 anos.

Polêmica nas redes
Sem planos para deixar a televisão, Fausto não quer saber de comemorações em de seus 55 anos de carreira e 70 de idade em maio. “Tenho que esquecer que estou com isso tudo e achar que tenho menos”, brinca o artista que, com o passar do tempo, sente que ficou cada vez mais difícil fazer o programa dominical.

Principalmente com a chegada das redes sociais, que ele considera terem dado voz a muita gente, incluindo aquelas que não deveriam ter vez. Hoje, entretanto, ele se diz acostumado com as críticas que recebe na internet, até mesmo com as mais maldosas.

“No meu caso, que já estou velho e quase parando, o que tenho que fazer? Não dar bola para isso. Você não pode se empolgar porque alguém te deu um dez, nem dar um tiro na cabeça porque levou um zero. Divide tudo por dois, fica com cinco e tá bom demais”, minimiza.

O apresentador ainda revela que não se preocupa com eventuais polêmicas sobre o seu excesso de sinceridade na atração. Ele, por exemplo, causou furor ao afirmar que seria demitido da Globo pela língua solta durante a final da Dança dos Famosos, exibida em 22 de dezembro.

Faustão é enfático ao dizer que não se leva a sério e, por isso, está há tanto tempo na profissão. “Se não tivesse um pouquinho de juízo, iam mandar internar esse doido. A vaidade é a única coisa que destrói a inteligência. Quando você se acha mais do que os outros, aí sim é o fim”, arremata ele.